A aranha que reconstrói a teia todos os dias


É das aranhas mais conhecidas do mundo, presente essencialmente em zonas de arbustos, árvores, matas e jardins em praticamente toda a Europa e América do Norte. 


A cruz branca que forma no abdomen faz desta uma aranha rapidamente reconhecida, sendo também o motivo de um dos seus nomes (Aranha de Cruz). Para além desse, também é conhecida como Aranha-dos-Jardins, Aranha-diadema ou epeira-dos-jardins. 

De nome científico Araneus diadematus, com origem no latim Araneus = Aranha e diadematus = ornamentada com diadema, pertence à familía Araneidae, conhecidas por fazerem geralmente as teias no formato radial. Esta família tem cerca de 3000 espécies em todo o mundo

A cor desta espécie varia muito, desde amarelos, laranjas e castanhos. Ao contrário de muitas outras espécies de aranhas, esta normalmente passa o dia no centro da sua teia. Alimenta-se sobretudo de insectos e outros artrópodes



O que é realmente fascinante acerca desta espécie, é que ela reconstrói a teia todos os dias para aumentar a possibilidade de capturar presas. Antes de construir uma nova teia, a aranha come sua teia antiga, conservando as proteínas da seda (Foelix 1982 apud animaldiversity.org).

Apesar de ser uma aranha grande comparativamente a outras que encontramos no nosso país, é considerada uma espécie inofensiva ao humanos. É frequentemente uma aranha pacífica, escondedo-se quando perturbada, no entanto, se for demasiado perturbada poderá picar e provocar alguma dor local, sem outros efeitos secundários, passando após algumas horas.

**
Se gostaste desta publicação deixa o teu comentário ou o teu like na página de Facebook. Ideias ou perguntas, envia para o e-mail em: 
http://www.natureza.pt/p/contacto.html. Muito obrigado !

*Fotografias da minha autoria


0 comentários:

Enviar um comentário

My Instagram